28 de janeiro de 2013

Imóvel deve subir menos em 2013.

venda de imovel



Os preços dos imóveis devem manter a tendência e subir menos em 2013, afirma o pesquisador Eduardo Zylbertajn.




Os preços dos imóveis devem manter a tendência e subir menos em 2013, afirma o pesquisador Eduardo Zylbertajn, coordenador do índice FipeZap, que mede o valor do metro quadrado em seis capitais e no Distrito Federal. 

Durante todo o ano passado o valor médio do metro quadrado avançou 13,7%, quase a metade do ritmo de alta em 2011. "Toda essa explosão de preços que observamos nos últimos anos tende a acalmar", afirma Zylberstajn.

O pesquisador lembra que as condições mais favoráveis do crédito habitacional, como juros menores e prazos mais longos, ajudaram a elevar a demanda por moradia e a pressionar os preços. De 2008 a 2012 a modalidade cresceu 339,5% e hoje já soma R$ 277 bilhões, ou 25% de todo o crédito concedido dentro da carteira de pessoas físicas.

Em relação ao Produto Interno Bruto (PIB) do País, contudo, o crédito habitacional ainda representa uma fatia pequena. A modalidade fechou o ano passado com o equivalente a 6,3% do PIB, percentual bem inferior ao de outros países. 

Mas a tendência é que os gastos com moradia ocupem um espaço cada vez maior no orçamento das famílias, avalia Zylbertajn. "O Brasil está se tornando um país como outros que têm essa realidade, onde os gastos com habitação têm um peso significativo no orçamento", afirma.

Serviços Relacionados:



Por: Hugo Passarelli.
Fonte de Consulta: Portal MSN.

Edição e Publicação | Equipe | Imovel e Dicas

4 comentários:

sitio para venda disse...

Excelente matéria... apesar de subir menos neste ano o imóvel deve continuar sendo um excelente investimento.

Anônimo disse...

Acertou em cheio a matéria, realmente os imóveis não subiram tanto como nos últimos anos!!!!

Marcelo Mattos disse...

Erradíssimo !!! Mercado do Rio de Janeiro a valorização está em alta em 2013 com tendências a aumentar sobre os investimentos olímpicos !!!

Equipe Imovel e Dicas disse...

Não acreditamos nisso caro Marcelo, inclusive estamos observando que com a Copa não houve ainda tal valorização, acima da inflação!

Postar um comentário

Deixe seu Nome e Email ao final da Mensagem, caso deseje alguma informação específica.

Atenciosamente.

Brasil Brokers Enjoy