16 de setembro de 2019

Quando a escolha do imóvel "divide" o Casal.





Divergências na hora de comprar um imóvel são comuns, é necessário colocar na balança as preferências do casal e neutralizar os conflitos.







As diferenças de gostos entre homens e mulheres são um sério problema na hora da aquisição de um imóvel. Nesse momento elas vêm à tona, para solucioná-las da melhor forma possível são necessárias muita paciência e compreensão de ambos os lados.

Afinal, a ideia ao adquirir um imóvel é começar uma família ou um novo relacionamento, e não desgastá-lo. Até que a compra aconteça, as famosas e temidas discussões de relacionamento são inevitáveis. 

Mas, afinal, o que eles e elas consideram importante na hora de comprar? Fabiana Rezende Câmara, arquiteta da German Interiores, tem muita experiência com obras da fundação até o acabamento Ela diz que os homens são mais práticos e se limitam a avaliar o custo benefício.

As mulheres, por serem mais sensíveis, observam bastante os detalhes de estética, funcionalidade e, principalmente, espaço. “Geralmente, depois da compra de um apartamento, a maioria das mulheres quer reformar ele inteiro para adaptá-lo às suas necessidades e estilo do casal, e é nessa hora que às vezes os maridos ficam bravos”, conta.

A arquiteta acredita que o perfil das famílias tem mudado bastante e esse fator também influencia no momento da compra. “Hoje em dia as famílias estão preocupadas também com que o prédio oferece de lazer”.

Quem opta por apartamentos procura espaços de convivência, como salões de festa, churrasqueira, cozinha gourmet, que trazem parte das vantagens de uma casa para complementar os benefícios do apartamento “, afirma”.

Recém-casados ainda sem a Casa Própria:

comprar casa


Kíssila tem 24 anos e casou-se há sete meses com André, 23 anos. Apesar de recém-casados, a jornalista e o músico são pessoas caseiras que valorizam muito os momentos em família. Kíssila e André ainda não têm casa própria.






“A casa própria sempre é um anseio de quem casa. No nosso caso não tivemos de pagar aluguel, todavia ainda não temos a nossa casa. A nossa residência foi cedida pelo meu sogro, que nos deu para morar por tempo indeterminado”, revela.

Preocupações que Contrastam:

A jornalista conta que os dois nunca tiveram conflitos sérios e diretos por causa da casa, no entanto, admitem que as preocupações dos dois contrastam. 
“Quando começamos a pensar em casamento, a primeira providência foi reformar a casa onde iríamos morar. Eu fiquei muito preocupada com a decoração, cores das paredes e todos os outros elementos visuais”.

No caso do André, a preocupação maior eram as mudanças de instalação elétrica, encanação, entre outras coisas. “Nunca tivemos atritos por conta da casa, mas em algumas situações percebemos que o homem não entende nossa preocupação com os detalhes, pois considera exagero, diz”.

As Divergências:

comprar imovel



Quando o assunto é mudar de imóvel, as opiniões também são divergentes. No momento eles analisam a possibilidade de comprar um apartamento. 






“Prefiro comprar uma Casa, diferentemente do André, que acredita que um apartamento vai nos trazer mais facilidades, como segurança e comodidade”.

Na minha opinião, o espaço amplo que uma residência proporciona e a privacidade é fundamental para uma família. Eu prefiro casa ao invés de apartamento. O André é mais preocupado com a manutenção futura da nossa casa, até porque ele tem mais habilidades para este tipo de trabalho. Eu sou totalmente envolvida com decoração e organização “, conta”.

Veja a opinião de Sergio Amaral, CEO da Infinite, uma Rede de Serviços Imobiliários. 

Conflitos referentes à compra do imóvel são mais comuns do que se imagina, uma sugestão que pode ajudar o casal é se deslocar um pouco das informações sobre o imóvel que desejam, e avaliar o que planejam para o futuro próximo, e como esse imóvel se encaixa neste cenário, por exemplo, desejam ter filhos logo, estão mais focados no crescimento profissional, estão pensando em mudar de cidade, analisem sua vida como casal e o que esperam para o futuro. 



Consulta: Jornal da Comunidade

Edição: Infinite

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu Nome e Email ao final da Mensagem, caso deseje alguma informação específica.

Atenciosamente.

Brasil Brokers Enjoy