18 de outubro de 2019

As Vantagens e os riscos das Obras por Administração.

Conheça o Essência no Leblon




O sistema tem como propósito reunir grupos de pessoas ou investidores, para construir imóveis a baixo custo!









As obras por administração podem ser tanto residenciais quanto comerciais. Essa definição dependerá do tipo do empreendimento ou do acordo feito entre os investidores na formação do condomínio.

Se for um prédio residencial, por exemplo, as unidades poderão, ao seu término, serem vendidas a terceiros com ganho de capital ou até mesmo para uso próprio dos investidores, isso fica a critério de cada investidor ou do que foi acordado entre eles no início do projeto.

A diferenciação desse tipo de construção começa já no início do projeto, pela rapidez com que é realizada sua comercialização, isso ocorre porque os empreendimentos por administração, geralmente, são pequenos, atendendo uma maior demanda do mercado.  

A rapidez na comercialização depende de alguns fatores, caso o objetivo dos investidores seja vender na planta, depois de providenciado o registro da incorporação (RI), que é obrigatório, junto ao cartório pertencente à região do terreno, é possível vender o imóvel por um valor mais acessível do que quando ele estiver pronto.

Financiamento: 

Também há diferenças entre o pagamento desse tipo de negócio e um financiamento convencional. A obra por administração é custeada durante o período de construção pelos condôminos investidores, estando inclusa a taxa de administração da construtora contratada, e não há cobrança de juros!

Ao fim de cada etapa da obra, faz-se o fechamento das despesas, acrescidas da taxa de administração da construtora, e rateia-se o valor entre os condôminos investidores. Já o financiamento convencional é predefinido e acrescido dos juros, além das taxas de seguro e de administração.

O que difere o financiamento desse tipo de construção de uma convencional é o preço e a forma de pagamento. No caso de obra por administração, o cliente paga um valor bem menor pelo imóvel. Mas, em compensação, tem um desembolso maior de sinal e durante a obra.

Na compra de um imóvel construído por administração, o cliente tem uma condição de pagamento também facilitada, através de um financiamento bancário ao fim da obra, no entanto, o preço que paga pelo imóvel é o cobrado pelo Mercado. Veja a seguir os prós e contras das obras por administração:

    Vantagens:
  • Não se pagam juros.
  • Não há gastos excessivos, já que os próprios investidores fazem parte do condomínio.
  • Custo da obra mais acessível quando a construtora é idônea e experiente! Como é o caso da Mozak, abaixo demostrada através do Essência no Leblon.
  • Caso o investidor queira vender, é possível oferecer o imóvel com condições facilitadas de pagamento.
    Riscos:
  • Se algum dos investidores tiver problemas financeiros e não conseguir arcar com sua parte do compromisso sobrecarregará os demais, podendo ocorrer atrasos no andamento da obra ou até mesmo sua paralisação.
  • Uma má administração pode aumentar em muito o custo da obra, ultrapassando a margem de erro inicial.
Serviços:

Conheça o Essência no Leblon, um lançamento com plantas espaçosas em um moderno prédio no melhor bairro do Rio de Janeiro, uma construção por administração com a garantia da Mozak.



Fonte: Lugar Certo

3 comentários:

Unknown disse...

Já comprei um imóvel por administração e tive muito sucesso, apenas um dos compradores desistiu, e logo o grupo se formou novamente.

Imovel e Dicas disse...

Bom Dia! Adorei a matéria e as dicas realmente a obra por administração é uma excelente opção.

Reformar é Fácil disse...

Parabéns pelo artigo do Blog da Enjoy, recomendo a leitura.

Postar um comentário

Deixe seu Nome e Email ao final da Mensagem, caso deseje alguma informação específica.

Atenciosamente.

Brasil Brokers Enjoy